Os 6 Benefícios do Whey Protein Para Saúde que Poucos Conhecem!

Gostou do post? Avalie!

Os 6 Benefícios do Whey Protein Para Saúde que Poucos Conhecem. Além disso, caso esteja procurando queimar gordura, construir massa muscular, estimular o sistema imunológico e prevenir doenças, então não procure mais do que o Whey Protein. A seguir, veja: Os 6 Benefícios do Whey Protein Para Saúde que Poucos Conhecem:

Benefícios do Whey Protein Para Saúde
Benefícios do Whey Protein Para Saúde

Os 6 benefícios do Whey Protein Para Saúde que Poucos Conhecem:

#1. Aumenta a força e constrói o músculo:

Whey Protein é a maneira mais eficiente de adicionar proteínas à sua dieta sem calorias extras de carboidratos ou gorduras. Ele normalmente contém 80% a 90% de proteína, o que fornece ao corpo o que precisa para construir músculos e força, enquanto se recupera rapidamente após um treino.

De acordo com pesquisa, a proteína do soro do leite estimula a síntese muscular em um grau maior do que a caseína e os produtos de proteína da soja.

Pesquisadores observaram que adicionar suplemento de proteína em sua dieta pode ajudar na promoção de ganhos de massa muscular – especialmente quando combinados com treinamento de resistência ou explosão – manter a massa muscular mesmo durante a restrição calórica e diminuir a perda natural de músculo que ocorre com a idade.

Um estudo de 2007 analisou o uso de suplementos de proteínas e aminoácidos em 19 homens que se exercitaram quatro vezes por semana. Os pesquisadores descobriram que a suplementação com 20 gramas de proteína, composta de 14 gramas de proteínas de soro de leite e caseína, e seis gramas de aminoácidos livres levou a maiores aumentos na massa corporal total, massa livre de gordura, massa na coxa e força muscular em comparação com aqueles que tomam o placebo de carboidratos.

#2. Queima de Gordura:

Uma meta-análise publicada em 2014 examinou o efeito do Whey Protein, com e sem exercício de resistência, no peso corporal e na composição corporal. Pesquisadores descobriram que adultos que suplementam com Whey Protein experimentaram reduções significativas na gordura corporal e no peso corporal. Os resultados foram ainda mais significativos entre os adultos que combinaram a suplementação do Whey Protein com exercícios resistidos.

Um estudo avaliou o efeito de um suplemento especializado de Whey Protein quando tomado por participantes que reduziram se consumo calórica em 500 calorias por dia. Em comparação com os participantes do grupo controle que também reduziram seu consumo calórica em 500 calorias, ambos os grupos perderam uma quantidade significativa de peso, mas o grupo que suplementava com o soro perdeu significativamente mais gordura corporal (6,1% da massa gorda) e apresentou maior preservação de músculo magro.

#3. Reduz os Desejos:

O Whey Protein parece afetar tanto a grelina quanto a leptina, dois hormônios que ajudam na regulagem do apetite. A leptina afeta principalmente o balanço de energia, o que ajuda na diminuição do consumo de alimentos, enquanto a grelina regula a fome e desempenha um papel no início da refeição. Esses hormônios trabalham juntos para dizer ao seu corpo quando precisa comer.

Estudos mostram que em pacientes obesos, os níveis circulantes de leptina são tipicamente aumentados, enquanto os níveis de grelina estão diminuídos. Whey Protein ajuda no equilíbrio da secreção de leptina e grelina, diminuindo assim os desejos de fome e ajudando a interromper o consumo excessivo.

Um estudo publicado em 2013 descobriu que o Whey Protein pode reduzir o consumo calórica como resultado de vários mecanismos fisiológicos. O teor de aminoácidos no Whey Protein é o principal fator que influencia a saciedade, segundo os pesquisadores. Além disso, o efeito do soro na saciedade e no consumo de alimentos é mediado pela liberação de grelina e outros hormônios indutores da saciedade. Esses hormônios são liberados no sistema gastrointestinal após o consumo de proteínas, o que pode explicar a supressão da ingestão de alimentos ao suplementar com o Whey Protein.

#4. Melhora a Glutationa:

Whey Protein ajuda no aumento da produção de glutationa, o antioxidante mestre que é encontrado em todas as células do seu corpo. Pesquisas mostram que o Whey Protein é rico em cisteína, um aminoácido que é necessário para a síntese da glutationa. Cientistas descobriram que a suplementação com isolado de proteína de soro hidrolisado aumentou as concentrações de glutationa intracelular em 64%.

A glutationa ajuda na eliminação dos radicais livres que causam danos às células, câncer e doenças do envelhecimento, como Parkinson e Alzheimer. Também ajuda na proteção do seu corpo contra toxinas ambientais e resistência a remédios, e é essencial para um sistema imunológico forte.

#5. Melhora a Saúde do Coração:

Estudos mostram que a proteína do soro promove uma redução na pressão arterial e na rigidez arterial e melhora o perfil lipídico. Ele trabalha para reduzir os fatores de risco cardiovascular, protegendo seus músculos e ajudando na perda de peso. Reduções no peso corporal reduzem problemas relacionados à obesidade, como doenças cardíacas.

Um estudo de 2016 avaliou a pressão arterial de 42 participantes que consumiram Whey Protein em pó ou maltodextrina (o controle) por oito semanas. Aqueles que usaram Whey Protein experimentaram reduções significativas na pressão sanguínea e aumento da circulação sanguínea. A proteína de soro de leite também reduziu os níveis de colesterol total.

#6. Amplia o Ciclo de Vida:

Verificou-se que o Whey Protein aumenta o tempo de vida, reduzindo a perda de massa muscular associada ao envelhecimento e aumentando a absorção de nutrientes sem aumentar a fome. Isso é importante porque, à medida que envelhece, você perde a massa óssea, a função celular e diminui a função digestiva. No entanto, o soro foi mostrado para reduzir a perda em todas essas áreas, tornando-se um superalimento incrível que retarda o processo de envelhecimento.

Um estudo realizado na Alemanha constatou que, quando adultos suplementados com whye protein, causou efeitos positivos na síntese de proteína muscular, massa muscular e força muscular.

Um estudo de 2016 descobriu que o aumento do consumo de proteínas entre os idosos melhora a saúde muscular, ajuda no mantimento do equilíbrio de energia e o controle de peso e suporta a função cardiovascular.

Efeitos Colaterais e Precauções:

Apesar dos muitos benefícios do Whey Protein para saúde, ela não deve ser consumida por pessoas com alergia ao leite ou intolerância à lactose. Caso tenha sensibilidade à lactose, pode sentir gases, inchaço, cãibras, fadiga, dores de cabeça e irritabilidade após consumir Whey Protein. Os produtos de soro de leite que contêm adoçantes artificiais, como os isolados, também podem causar efeitos colaterais, pois podem ser mais difíceis de quebrar e causar desconforto digestivo.

Caso não tenha alergia ao soro do leite, use o produto de Whey Protein da mais alta qualidade disponível no mercado. Isso será mais fácil de ser digerido porque é menos processado e não contém ingredientes artificiais ou químicos adicionados. Pessoas que são incapazes de usar Whey Protein devem considerar experimentar um pó de proteína vegetal, como proteína de ervilha ou pó de proteína de arroz integral germinado. Além disso, comer alimentos ricos em proteínas também pode ser extremamente benéfico para a construção muscular, melhorando a energia e a perda de gordura corporal.

Autor: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *